in

Jardim Interno – Jardim de Inverno: Como ter um?

jardim de inverno
Imagem: Quinta Dellarte

O Jardim interno ou como também é conhecido Jardim de Inverno, é muito comum em países com climas extremamente frios, aonde as pessoas utilizam esses jardins para conseguir ar puro durante o inverno, já que os invernos são rigorosos e as pessoas permanecem muito tempo dentro de casa.

No Brasil temos climas mais amenos, por isso aqui ele é usado mais para fins decorativos, ter um espaço verde dentro de casa é extremamente relaxante e traz muitos benefícios para o corpo e a mente de seus moradores, além de melhorar a qualidade do ar em casa, pois permite uma circulação e ventilação maior de ar.

Ele geralmente é construído em um cômodo dentro da casa ou anexado a ela, com abertura externa ou não, se tiver abertura externa pode ter uma extensão com um pergolado por exemplo, quando não tem abertura externa geralmente ele é formado por paredes de vidros (uma ou mais), permitindo a entrada de luz neste ambiente. O jardim de inverno possui plantas decorativas resistentes que crescem e se desenvolvem em ambientes mais frios.

Moro em apartamento posso ter um jardim de inverno?

jardim de inverno
Imagem: Quinta Dellarte

Sim, com certeza! Tudo depende da sua criatividade, pois muitos espaços do seu apartamento podem virar promissores jardins de inverno, em uma casa geralmente ele ocupa espaço de um cômodo, mas em um apartamento que muitas vezes a questão de espaço é limitada, ele pode consistir em um espaço do apartamento ao invés de um cômodo, como por exemplo: um espaço no hall de entrada, um espaço na varanda da cozinha, um espaço na sacada da sala, etc. E você também pode optar por jardins verticais em espaços reduzidos.

Como criar um jardim de inverno?

Em primeiro lugar é importante salientar que o melhor é sempre contratar um profissional qualificado para realizar o projeto, pois ele é capacitado para projetar e ver possibilidades que são adequadas para sua casa ou apartamento.

Mas geralmente os jardins de inverno seguem uma linha, que é a linha minimalista, ou seja menos é mais, quanto mais clean for o ambiente, melhor ele será. Ele é decorado com cores suaves, luzes discretas, poucos objetos decorativos, muito verde e luz natural.

A personalização do ambiente fica por conta dos acabamentos temáticos, que dão o seu toque na decoração do lugar. Por ele ser um ambiente que remete ao relaxamento, lazer e descanso ele não pode ser poluído de informação, de cores, efeitos e luzes… ele deve ser o mais natural possível, a principal decoração fica por conta da própria natureza que foi ali implantada.


Aproveite e confira:


Que plantas cultivar em um jardim interno?

jardim de inverno
Imagem: vivadecora.com.br

Na hora de escolher que plantas serão cultivadas no seu jardim interno , você precisa ter duas coisas em mente: há menos incidência de luz solar e não há chuvas. Portanto as plantas precisam ser mais resistentes, ou seja, que não precisem de muita água e possam receber pouca luz solar sem trazer danos para seu desenvolvimento. Algumas sugestões de plantas:

Cactos e suculentas:

Elas não precisam de muita irrigação pois armazenam água em suas folhas mas precisam de muita incidência de sol, então se o seu jardim de inverno não contar com uma boa incidência de luz solar elas provavelmente não se desenvolverão bem;

Dedinho-de-moça ( Sedum rubrotinctum ):

Necessita de pouca irrigação e reage bem tanto a luz solar incidente quanto a meia-sombra. Mas não reage bem a frio, então se você mora em uma região mais fria, ela não é a melhor opção;

Planta-fantasma ( Graptopetalum paraguayense ):

Se estiver plantada em local com pleno sol ela apresenta uma coloração tom amarelo-rosado, e se estiver em meia sombra ela apresenta uma coloração azul-esverdeada, ela só precisa ser regada se o solo estiver muito seco;

Bromélia: (Guzmania ligulata): 

É uma planta que precisa de rega a cada dois dias e geralmente cresce bem em locais em que não há incidência direta de luz solar;

Samambaia ( Nephrolepis Polypodium ):

Ela se adapta bem a um ambiente com meia luz mas precisa ser regada com frequência sem deixar seu solo encharcado. Importante que ela fique em locais suspensos.

Violeta ( Saintpaulia ionantha ):

Uma flor com inúmeras opções de cores, traz vida ao ambiente com seu colorido, e o bom é que ela se adapta a ambientes com luz difusa e também com iluminação meia sombra, demandando poucos cuidados.

What do you think?

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

decoração de sala de televisão

Sala de televisão – Dicas para ambientes pequenos

Cuidados com a casa em tempo de Coronavírus